Porto-alegrenses que receberam a primeira dose da vacina da Pfizer/Comirnaty há pelo menos dez semanas poderão completar o esquema vacinal a partir da próxima segunda-feira (16). A imunização estará disponível para este grupo em quatro unidades de saúde, das 8h às 17h: Bananeiras, IAPI, Tristeza e Passo das Pedras.

A aplicação, antes, estava disponível apenas para gestantes e puérperas vacinadas com a primeira dose de Oxford/AstraZeneca há pelo menos dez semanas, devido à orientação do Governo do Estado de destinar as últimas remessas recebidas a este público específico. Agora, com a chegada de um novo lote de vacinas à capital gaúcha, os demais públicos também poderão receber a imunização completa.

Na manhã desta sexta-feira (13), Porto Alegre recebeu 17.278 doses: 6.360 de Pfizer/Comirnaty para primeira dose, 5.590 de Coronavac/Butantan e 5.328 de Pfizer/Comirnaty para segunda dose.

De acordo com dados do e-SUS Notifica, 527 pessoas estão com a segunda dose de Pfizer atrasada há mais de 90 dias na capital gaúcha. De Oxford/Astrazeneca, são 22.836 porto-alegrenses que receberam a primeira dose há mais de 90 dias. Já de Coronavac/Butantan, 23.773 pessoas receberam a primeira dose do imunizante há mais de 28 dias, e já estão aptas a completar o esquema vacinal.

A diretora de Atenção Primária em Saúde, Caroline Schirmer, reforça a importância da população completar o esquema vacinal: “Somente com as duas doses as pessoas estão efetivamente protegidas”, destaca.

Intervalo entre as doses

Seguindo determinação do Ministério da Saúde, em 14 de junho, o intervalo entre a primeira e segunda dose da Pfizer passou de 21 dias para 12 semanas. Em 12 de julho, a Ses (Secretaria Estadual de Saúde) decidiu alterar o prazo de 12 para dez semanas, com o objetivo de garantir uma melhor resposta imune à variante Delta. Desta forma, quem recebeu a primeira dose entre 14 de junho e 12 de julho deverá, a partir da data que consta na carteirinha de vacinação, antecipar a aplicação da segunda dose em duas semanas.