As obras de recuperação do Viaduto dos Açorianos, localizado na avenida Borges de Medeiros, no Centro de Porto Alegre, atingiram 65% de execução. Nesta terça-feira (13), equipes realizaram o macaqueamento, que consiste em, por meio de equipamentos específicos, erguer a superestrutura da construção.

O serviço, executado nos dois lados da construção, é imprescindível para o avanço da recuperação estrutural. “O viaduto foi erguido para que possamos substituir os aparelhos de apoio, que são materiais que fazem a vinculação entre os pilares e a estrutura, permitindo a movimentação do viaduto”, explicou o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro.

Interditado há um ano, o Viaduto dos Açorianos passa pela maior obra de recuperação da sua história. O investimento é de R$ 1,33 milhão. Construído em 1973, a estrutura tem 202 metros de comprimento. Entre os serviços já executados, estão: limpeza, escavação, demolições, montagem de armaduras, escoramento e reforço estrutural da viga transversal do encontro sul.

As obras, que atualmente envolvem 20 operários, têm prazo de conclusão para agosto.