Moradora da Restinga Velha, em Porto Alegre, a jovem Luana Leites, está ajudando a quebrar paradigmas que envolvem pessoas com deficiências (PcD). Aos 21 anos e com paralisia cerebral motora, ela está lançando o livro Diário Poético, nos formatos digital (e-book) e audiolivro.

A distribuição será gratuita para escolas da rede pública, municipal e estadual, e também para as privadas que tenham interesse no material. De acordo com o último censo do IBGE, em 2010, 46 milhões de brasileiros possuíam alguma limitação capaz de comprometer a mobilidade. Projeto executado através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/20.

“Chegar aonde cheguei, não foi fácil. Sofri preconceito por parte de muitos colegas, enquanto cursava o Ensino Fundamental regular na rede pública de ensino. Muitas pessoas subestimam a capacidade de pessoas portadoras de necessidades especiais, por acreditarem que não podemos participar de forma ativa e, tampouco, estarmos inseridos na sociedade”, relembra Luana, que começou a escrever aos 11 anos. Para ela, a leitura e a escrita de poesias funcionam como válvula de escape na luta contra o preconceito. “A literatura sempre me ajudou a enfrentar as dificuldades de aceitação, já que escrevendo eu me sentia – e sinto – livre”, conta.

O livro tem mais de 35 poesias escritas durante a pandemia. “Esse projeto mostrará a importância da poesia, para refletir sobre a vida, se sentir compreendido enquanto ser social e humano, incentivando com que as pessoas em toda sua diversidade expressem, e não reprimam os seus sentimentos. Também se constrói com o livro uma oportunidade de quebrar com paradigmas do capacitismo, que ainda estão presentes no modo de pensar as deficiências”, diz Luana.

Os atores Vinicius Mello e Lucila Clemente interpretarão as poesias no audiolivro. “Quero ser um exemplo, transmitir coragem para pessoas parecidas ou iguais a mim, para que realizem e nunca desistam de seus sonhos, por mais dificuldades que encontrem. Seja qual for o sonho, seja qual for a dificuldade, somos capazes”, conclui.

As escolas públicas e privadas, interessadas em adquirir gratuitamente o material, poderão entrar em contato através do telefone: (51) 93614865 ou pelo instagram (@diariopoeticodiario).