O trecho 3 da Orla do Guaíba, em Porto Alegre, será 100% acessível. A revitalização, que ocorre em 1,6 quilômetro entre a foz do Arroio Dilúvio e o Parque Gigante, foi projetada para garantir acessibilidade universal aos mais de 20% dos porto-alegrenses que, segundo o último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), possuem algum tipo de deficiência.

As obras do parque já atingiram 97% de execução e contam com investimento total de R$ 53,4 milhões. Para a execução do trecho 3 da Orla, foi contratada uma equipe especializada em acessibilidade, composta por 12 funcionários.

“A Orla será um espaço para todos. Para isso, estamos investindo cerca R$ 550 mil, exclusivamente em intervenções em acessibilidade. Mais de 50% desses serviços, que compõem os ajustes finais da obra, já estão prontos. Assim que concluídos, serão devidamente testados por pessoas com deficiência para garantir sua efetiva funcionalidade”, destacou o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro.

Os passeios executados no local foram feitos em blocos, medidos separadamente. Em relação à acessibilidade, além das inúmeras rampas de acesso, dos corrimãos próximos às arquibancadas e das vagas reservadas no estacionamento, está sendo executada a rota tátil, composta por piso podotátil de dois tipos: o direcional e o de alerta – utilizado para sinalizar obstáculos.

Voltado à prática de esportes, o Trecho 3 da Orla contará com 29 quadras esportivas, estacionamento para 150 veículos, ciclovia, iluminação em LED, arborização, três bares e a maior pista de skate da América Latina.