Depois de escapar de dois processos de impeachment, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, aparece liderando a corrida eleitoral no estado para 2022. Levantamento realizado em julho pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra Moisés com 24,2% das intenções de voto, seguido de Jorginho Mello (16,1%), Décio Lima (9,6%) e Gelson Merisio (7,9%).

Com um orçamento para obras estimado em 5 bilhões de reais, o governador fez o que todo político em ano pré-eleitoral gosta de fazer. Encheu o estado de canteiros de obras. Com isso, vem reconquistando o apoio perdido nos primeiros anos de governo.

Santa Catarina é o estado mais bolsonarista do país e deve ter uma disputa apertada entre apoiadores do presidente. Além do senador Jorginho Mello, do PL do mensaleiro Valdemar Costa Neto, o PP de Ciro Nogueira também poderá ter candidato, no caso, o senador Esperidião Amin. Moisés ainda pode ter a concorrência do prefeito da capital, Gean Loureiro, do DEM.