SÃO PAULO – A Rumo (RAIL3) apresentou nesta sexta-feira (3) a única proposta do projeto ferroviário do estado de Mato Grosso que ligará Rondonópolis-Cuiabá e Rondonópolis – Nova Mutum – Lucas do Rio Verde.

A proposta deverá ser analisada pelo governo do estado em 15 dias, e depois será formalizada com a assinatura do contrato.

O projeto inclui uma extensão ferroviária de 730 quilômetros a ser concluída em 6 a 7 anos, o que exigirá um investimento estimado de R$ 12 bilhões.

Além disso, o projeto ferroviário terá uma capacidade mínima de 39 milhões de toneladas por ano (ou seja, 32 milhões de toneladas de grãos, 2 milhões de toneladas de fertilizantes, 2 milhões de toneladas de granéis líquidos e 3 milhões de
toneladas de carga geral), aponta o Bradesco BBI.

Os analistas do banco apontam que, apesar dessa notícia ser positiva para a Rumo, a ação da companhia fechou o dia em leve queda, de 0,10%, a R$ 18,99.

“A nosso ver, esse fraco desempenho da cotação das ações pode ser atribuído ao fato de a VLi ter recebido autorização para iniciar os estudos para a construção de um novo trecho ferroviário que liga as cidades de Água Boa e Lucas do Rio Verde, o que poderia aumentar a concorrência em Mato Grosso”, apontam.

Contudo, os analistas não veem esse como um grande risco para a companhia e seguem com recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para o papel RAIL3, com preço-alvo de R$ 27, ou potencial de alta de 27% em relação ao fechamento desta sexta.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

 

The post Rumo apresenta única proposta por projeto ferroviário do Mato Grosso; projeto pode ser assinado em 15 dias appeared first on InfoMoney.