Nesta segunda-feira, 18, Goiás, Santa Catarina, Piauí, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Ceará começaram a vacinação contra a Covid-19. Dessa forma, até o momento, sete estados brasileiros já começaram a imunizar sua população com a CoronaVac, vacina distribuída pelo Instituto Butantan. O número inclui São Paulo, que deu início à sua campanha de vacinação no domingo, 17, logo após a liberação de uso emergencial pela Anvisa.

O estado de Goiás foi o segundo a começar a vacinação contra a doença. Minutos depois, os estados de Santa Catarina e Piauí também iniciaram suas campanhas de vacinação. Em seguida, Rio de Janeiro e Ceará. O Rio Grande do Sul anunciou que iniciará às 21h30 a campanha de imunização no estado.

Goiás

A primeira pessoa a ser imunizada no estado é Maria Conceição da Silva, de 73 anos. A injeção foi aplicada pelo governador Ronaldo Caiado, que também é médico, na cidade de Anápolis.

Maria Conceição da Silva tem seis filhos e trabalhou como doméstica e como gari. Ficou cega de um olho, é hipertensa e hoje reside no Abrigo dos Velhos Professor Nicéphoro Pereira da Silva, em Anápolis.

O evento foi realizado na Unidade Básica de Saúde do Jardim Leblon, em Anápolis, às 17 horas. O local foi escolhido pelo governo para marcar o início da vacinação no estado como forma  e retribuir o gesto solidário da população e da prefeitura, que recepcionaram os brasileiros que estavam em Wuhan, ano passado, no início da pandemia.

Segundo planejamento do governo federal, Goiás receberá 87.172 doses do imunizante, o que equivale a 7% do total. Nesta primeira etapa as doses serão divididas da seguinte forma: pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (8.828); pessoas com deficiência institucionalizadas (475); população indígena vivendo em terras indígenas (320); e trabalhadores de saúde (77.549).

Santa Catarina

O enfermeiro Júlio César Vasconcellos de Azevedo foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Santa Catarina. Ele recebeu a primeira dose às 17h35 desta segunda-feira, 18, no Instituto de Cardiologia em São José, na Grande Florianópolis.

Continua após a publicidade

Piauí

O médico obstetra Joaquim Vaz parente, de 75 anos, foi a primeira pessoa a ser imunizada no Piauí. Ele atua há 45 anos na da Maternidade Dona Evangelina Rosa, já realizou em torno de 20.000 partos e fez o terceiro parto da história da maternidade.

Outros cinco profissionais de saúde, que exercem trabalham unidades hospitalares que compõem a rede estadual, também foram vacinados durante a cerimônia. O Piauí recebeu do Ministério da Saúde 61.160 doses da CoronaVac. Serão 28.651 mil doses para profissionais da saúde, 10 para pessoas com deficiência institucionalizadas, 460 doses para pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas e 21 para indígenas vivendo em terras demarcadas. O quantitativo engloba tanto a primeira e a segunda dose da vacina para os grupos previstos na primeira fase de vacinação do estado do Piauí.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro vacinou duas mulheres nesta segunda-feira, 18, a técnica de enfermagem Dulcinéia da Silva Lopes, de 59 anos, do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, e a idosa Terezinha da Conceição, de 80 anos. Ambas receberam a CoronaVac no Cristo Redentor.

Ceará

O Ceará imunizou seis pessoas no Hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira, 18. A primeira a receber a vacina no estado foi a técnica de enfermagem Maria Silvana Souza Reis, de 51 anos. Ela foi imunizada por volta das 19h20. Segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, mais cinco pessoas serão vacinadas ainda hoje no Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Mato Grosso do Sul

Domingas da Silva, uma indígena de 91 anos da etnia Terena, que reside na aldeia Tereré, foi a primeira pessoa a receber a primeira dose da vacina no estado, no início desta noite, no Hospital Regional de Campo Grande.

São Paulo

Até o fim do primeiro dia de campanha, domingo, 17, 112 profissionais de saúde foram vacinados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo. Nesta segunda-feira, 18, a vacinação continuou no local e teve início em duas unidades do interior do estado: o Hospital das Clínicas de Campinas (Unicamp) e o Hospital das Clínicas de Botucatu (Unesp), totalizando mais de 1.000 profissionais de saúde vacinados no estado.

Nesta segunda-feira, 18, o Brasil registrou médias móveis de 54.308,31 novos casos e 959,9 mortes pela Covid-19.

Veja na tabela abaixo o cenário da vacinação no Brasil. Os dados foram atualizados até às 20h desta segunda-feira, 18.

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

Continua após a publicidade