Em maio de 2020, durante a primeira onda da pandemia do novo coronavírus, o artista de rua inglês Banksy deixou uma pintura que homenageia os profissionais de saúde no hospital de Southampton, no sul da Inglaterra. A obra, que retrata uma criança brincando com a boneca de uma enfermeira-heroína, será leiloada para ajudar o Serviço Nacional de Saúde (NHS) britânico. Avaliado entre 2,5 e 3,5 milhões de libras (entre 20 e 28 milhões de reais), o quadro ficará em exibição na casa de leilões Christie’s, em Londres, até 15 de março, e será vendido no dia 23.

Antes, a tela, batizada de Game Changer, estava pendurada em um corredor perto do departamento de emergência do hospital. Banksy fará uma cópia para ficar em Southampton enquanto a obra original será vendida. Quando deixou o quadro no hospital, o artista escreveu a seguinte nota: “obrigado por tudo o que estão fazendo. Espero que isso ilumine um pouco o lugar, mesmo que seja apenas em preto e branco”.

Segundo Katharine Arnold, especialista em arte contemporânea da Christie’s, Game Changer representa uma “homenagem universal” aos profissionais que estão “lutando contra essa pandemia na linha de frente”.

O artista permanece ativo nas ruas. Sua mais recente obra apareceu na parede da Prisão de Reading no dia 1° de março, e mostra um prisioneiro escapando em uma corda feita de lençóis amarrada a uma máquina de escrever.

Continua após a publicidade