O Programa Nacional de Imunização contra Covid-19 conta agora com mais uma vacina. Trata-se do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. São 2 milhões de doses da vacina produzidas pelo Instituto Serum, na Índia.  A monta será proporcionalmente dividida entre todos os  brasileiros e mais o Distrito Federal. Cabe como única ressalva o Amazonas, que receberá 5% do total por conta da crise de saúde deflagrada pela Covid-19.

A logistica prevê que o governo federal envie todas as doses aos estados que, por sua vez, devem encaminhar aos municípios. A maior parte chegará em seus destinos iniciais somente no domingo, 24. Em cerimônia no Rio de Janeiro nesta tarde, brasileiros já foram vacinados com a vacina. Os dois  primeiros profissionais a receberem as agulhadas são ligados à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz),  trata-se do infectologista Estevão Portela e da pneumologista Margareth Dalcolmo.

Veja a distribuição:

Região Norte
Rondônia -13.000
Acre – 5.500
Amazonas – 132.500
Roraima – 4.000
Pará  – 49.000
Amapá – 6.000
Tocantins – 11.500

Região Nordeste

Alagoas – 27.500
Maranhão – 48.500
Piauí – 24.000
Ceará – 72.500
Rio Grande do Norte – 31.500
Paraíba – 36.000
Pernambuco – 84.000
Sergipe – 19.000
Bahia – 119.500

Continua após a publicidade

Região Sudeste
Minas Gerais – 190.500
Espírito Santo – 35.500
Rio de Janeiro – 185.000
São Paulo – 501.960

Região Sul

Paraná – 86.500
Santa Catarina – 47.500
Rio Grande do Sul – 116.000

Região Centro-Oeste

Mato Grosso do Sul – 22.000
Mato Grosso – 24.000
Goiás -65.500
Distrito Federal – 41.500

 

 

Continua após a publicidade