Em Brasília, governador e ministro da Infraestrutura discutem projetos prioritários para o Rio Grande do Sul

bailey aschimdt
bailey aschimdt

O governador Eduardo Leite se reuniu nesta quarta-feira (04), em Brasília, com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para discutir projetos prioritários ao Rio Grande do Sul.

“Foi uma reunião estratégica entre a nossa equipe de governo e a equipe do ministro Tarcísio Gomes de Freitas sobre investimentos federais e obras prioritárias no Rio Grande do Sul em diversas frentes de infraestrutura, rodoviária, ferroviária e aeroportuária, fazendo um ponto de controle e status dos projetos que mais interessam ao nosso Estado”, afirmou o governador.

“Saímos bastante otimistas pela evolução de projetos importantes e também reforçamos a importância de algumas demandas, como a revitalização da malha ferroviária e de investimentos em rodovias federais que são fundamentais para o desenvolvimento e a competitividade do Estado”, completou.

Segundo o ministro, estão em fase final de estudo os projetos de concessão das BRs 116, 290 e 292, com previsão de leilão no segundo semestre de 2022. Ele afirmou que, além da renovação da concessão da malha ferroviária sul, estão sendo analisados investimentos nas ferrovias existentes para ampliar a capacidade e a velocidade dos transportes.

Freitas também disse que há avanços na duplicação da BR-116, que tem 62% das obras executadas, com previsão de entregar mais 16 quilômetros em 2021 e de conclusão em 2022. A Travessia Urbana de Santa Maria tem previsão de entrega para o primeiro trimestre de 2022.

Já as obras de ampliação dos aeroportos de Passo Fundo, Santo Ângelo, Caxias do Sul, Santo Ângelo e Santa Rosa estão em fases distintas, mas avançando, segundo o ministro.

“O Rio Grande do Sul é um importante Estado e estamos muito focados em dar andamento às obras federais, priorizando a conclusão de obras estratégicas, como é o caso da BR-116 e da BR-290. Para isso, o alinhamento com o governo do Estado e também com as empresas parceiras é fundamental”, destacou o ministro.

Também participaram da reunião em Brasília o vice-governador do RS, Ranolfo Vieira Júnior, as secretárias de Comunicação, Tânia Moreira, e de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos, e o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa.

Compartilhe esse Artigo