Com Covid, senador bolsonarista usa doença para atacar vacina

bailey aschimdt
bailey aschimdt

O senador bolsonarista Marcos do Val anunciou há pouco que contraiu a Covid-19 pela segunda vez e usou a doença para atacar a vacina da Pfizer, da qual disse ter tomado as duas doses.

Suplente da CPI da Covid, ele ironizou o que chamou de “as melhores vacinas do mundo” e comentou que o coronavírus “não se intimida com nada”, ignorando que o imunizante não impede a contaminação, e sim a gravidade dos efeitos da doença.

“Informo a vocês que estou novamente com a covid-19”, afirmou o senador, que compartilhou o exame em que o SARS-Cov-2 foi detectado.

“Depois de tanto sacrifício, de ter tomado as duas doses da Pfizer (com intervalo de 3 meses, seguindo orientação do Ministério da Saúde), de estar fazendo o uso contínuo de máscaras e de álcool em gel e adotando medidas de isolamento, ou seja, seguindo à risca o que determina a ciência! Este cenário nos mostra que a Covid-19 não se intimida com nada, muito menos pelas tão faladas ‘melhores vacinas do mundo’. Tememos ainda mais cuidados, Brasil! Como Senador e membro da CPI, aproveito para alertar a todos que não existe uma verdade absoluta!!!”, escrevue.

Compartilhe esse Artigo