Final de ano é época de balanço de destinação das emendas parlamentares.

Foram geradas cerca de 8.000 emendas, num total empenhado de 27 bilhões de reais e de 15 bilhões de reais efetivamente pagos.

O setor que recebeu maior volume foi o da saúde, com 40% do total.

Por bancadas dos estados no Congresso Nacional, a que foi contemplada com maior valor pago  foi a do Pará, com  220 milhões de reais.

Com valores próximos a esse, esse ranking  é seguido por Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Ceará, Minas Gerais, Roraima e Maranhão

Continua após a publicidade