Alunas-soldado da Brigada Militar de Montenegro produzirão perucas para a campanha Cabelos de Aço

0
22

Nesta semana as alunas-soldado da Escola de Formação e Especialização de Soldados de Montenegro (EsFES-Mn) da Brigada Militar iniciaram mais uma ação da campanha Cabelos de Aço, que tem como objetivo a arrecadação de mechas de cabelos das policiais militares, familiares e amigos para a confecção de perucas e destinação a pacientes com câncer.

Agora, além de receber as doações de cabelos, algumas alunas da EsFES Montenegro irão confeccionar e entregar às entidades beneficiadas e às mulheres as perucas já prontas.

A sugestão do projeto partiu da aluna-soldado Cristielen Colomby dos Reis, que já atuava no ramo de confecção de perucas. “Trabalhei por oito anos em salão de beleza, confeccionando perucas, próteses capilares e megahair. Lá acompanhei muitas histórias de pessoas em tratamento de quimioterapia e pude perceber o quanto o cabelo mudava a autoestima das pacientes com câncer. Sempre tive a vontade de poder ajudar de forma filantrópica, mas esse era o meio que tinha para sobreviver, então, à época, não tinha condições de auxiliar”, relatou.

Quando a jovem prestou o concurso e ingressou na Brigada Militar, soube da campanha Cabelos de Aço, com a qual se identificou imediatamente. Ali, ela viu a oportunidade que esperava para colocar em prática seus conhecimentos.

Outras militares, colegas da aluna-soldado Colomby já foram capacitadas para a montagem das perucas, mas todos que desejarem podem doar mechas. A entrega das perucas para pacientes com câncer está prevista para o mês de outubro, em homenagem ao Outubro Rosa.

Quem quiser contribuir, basta se dirigir a um quartel da Brigada Militar.

Como doar o cabelo

– Todos os tipos de cabelo podem ser doados, lisos, ondulados, cacheados, crespos e mesmo os que já foram tingidos ou que possuam outros tipos de química;

– Antes de doar o cabelo, lave-o e deixe secar naturalmente;

– É necessário o tamanho mínimo de dez centímetros para doação, mas se for repicado, o mínimo é de 15 centímetros;

– Mesmo que o cabelo esteja danificado ele pode ser doado, sendo possível recuperá-lo para que também seja utilizado na confecção das perucas.