De origem australiana a raça Ultrablack possui a sua composição baseada em 80% de sangue Angus e 20% zebuíno, segundo a Associação Brasileira de Angus. A grande novidade é que a raça sintética – obtida por meio de cruzamento – vai estrear na 44ª Expointer com cinco animais de Argola. Em 2019, os animais que participaram da feira eram rústicos.

O cruzamento das raças que resulta na Ultrablack, valorizam os atributos qualitativos concedidos pela Angus à carne e conserva a rusticidade típica dos Zebuínos tão necessária para enfrentamento de altas temperaturas e ectoparasitas no Centro Oeste do Brasil.

“Na prática, a Ultrablack constitui uma alternativa para manutenção do grau de sangue Angus, que tem se configurado como ideal para o Brasil, conciliando qualidade de carne, rusticidade e heterose”, afirmou a Gerente Administrativa e Financeira da Associação Brasileira de Angus, Katiulci Santos.

A maior feira agropecuária a céu aberto da América Latina inicia neste sábado (04) e vai até o dia 12 de setembro. Durante os nove dias de evento, os visitantes poderão conferir o melhor da genética animal, máquinas e implementos agrícolas, seminários, palestras, tudo relacionado ao agronegócio e agropecuária.

“A Expointer é a maior vitrine do agronegócio, e para as raças Angus e Ultrablack não é diferente. Este evento é importante para nós porque é o momento em que os produtores podem mostrar, através de seus animais, todo o potencial destas genéticas”, destacou Katiulci.

Além da estreia da raça Ultrablack na Expointer com animais de Argola, outras raças estão retornando ao Parque de Exposições Assis Brasil. O destaque está entre os zebuínos, presentes na feira com 73 animais de argola de seis raças, é o retorno do Gir Dupla Aptidão (carne e leite), que estava ausente desde 2017.

“A estreia de uma nova raça e o retorno de outras às pistas de Esteio reforça o sentimento de retomada que está no cerne desta Expointer. E demonstra que os produtores e expositores também estão confiantes com cenário da pecuária gaúcha. É mais uma amostra das qualidades e possibilidades da nossa pecuária”, finalizou o Comissário da Feira, médico veterinário Paulo Coelho de Souza.

Para participar da 44ª Expointer, os interessados terão que comprar ingresso no site do evento. Devido a pandemia da Covid-19, a bilheteria é on-line e possui um limite de 15 mil ingressos por dia.