SÃO PAULO – Na quinta-feira (2) a Equatorial Energia (EQTL3) venceu o leilão de serviços de saneamento no Amapá, dando seu primeiro passo para a atuação no segmento.

A empresa formou consórcio com a SAM Ambiental e fez uma proposta considerada agressiva por analistas do mercado financeiro, de R$ 930,8 milhões, muito superior às propostas dos demais concorrentes e do valor de outorga mínima definida no edital, de R$ 50 milhões.

Para ideia de comparação, a proposta do segundo colocado foi de R$ 426,5 milhões, menos da metade da proposta da companhia elétrica.

Nesta sexta-feira (3), os papéis EQTL3 operavam em queda de 3,8% na Bolsa brasileira, por volta das 13h, negociados a R$ 25,04.

Na avaliação da casa de análise Levante, a entrada no setor de saneamento é positiva para a companhia, que já vinha mostrando forte interesse no setor. Isso porque a empresa participou dos últimos leilões realizados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), como os de Alagoas, Cariacica e Rio de Janeiro, até então sem sucesso, por não conseguir superar as propostas de concorrentes mais tradicionais no setor – que tiveram presença tímida no leilão de ontem, escrevem os analistas.

Para o Credit Suisse, a Equatorial foi agressiva em seu primeiro investimento no segmento, em um estado que a empresa já terá que fazer grandes investimentos no setor de energia. Para calcular o potencial de valuation da forma correta, contudo, os analistas dizem preferir aguardar por mais detalhes, bem como pelas projeções da companhia para este ativo.

Segundo o banco, a alavancagem da companhia está em um nível confortável e, por isso, os analistas defendem que levantar recursos para investir nesse novo ativo não será problema.

“Os setores de infraestrutura têm enfrentado grande concorrência (ativos ainda com retornos interessantes e boas condições de financiamento) e, consequentemente, novos empreendimentos têm sido adquiridos com taxas internas de retorno (TIRs) mais baixas em relação às operações anteriores”, escrevem os analistas.

O Credit Suisse tem recomendação outperform (acima da média do mercado) para as ações da Equatorial e preço-alvo de R$ 25,20.

Preço alto pela concessão

Já o Itaú BBA tem inicialmente uma visão negativa sobre o anúncio, dado que, segundo os analistas do banco, a Equatorial pagou um preço “muito alto” para entrar no segmento de saneamento.

“Nosso modelo assume que os investimentos adicionais destroem valor, uma vez que não alteramos nossas premissas de receita por causa deles. Precisamos entender se esses investimentos adicionais representarão receitas extras para a empresa”, escreve o time de análise.

Os analistas estimam um valor presente líquido (VPL) negativo no lance vencedor, após uma análise para estimar TIR e VPL, variando o desconto do capex (despesas em bens de capital) para a estimativa do BNDES, margem de lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) de longo prazo, bem como alavancagem e custo de capital próprio.

“Estimamos um VPL negativo mesmo em um cenário de margem Ebitda [Ebitda/receita líquida] acima de 70% e desconto de Capex de mais de 20%”, escreve o Itaú.

Apesar da avaliação negativa sobre a operação, o Itaú BBA manteve recomendação outperform (acima da média do mercado) para as ações da Equatorial e preço-alvo de R$ 26.

Por fim, o Bank of America escreve, em relatório, que, embora as estimativas preliminares indiquem retornos apertados, ainda é “muito cedo para levantar preocupações”.

“Em primeiro lugar, pensamos que o histórico de alocação de capital da EQTL é indiscutível. Em segundo lugar – e mais importante –, muitas das operações anteriores da companhia pareciam pouco atraentes à primeira vista, mas acabaram provando superar até mesmo suposições antes otimistas (caso de CEEE e Cepisa, por exemplo)”, argumenta o time.

No caso do saneamento do Amapá, espaço significativo para ganhos de eficiência, segundo os analistas, pode estar no fato de a Equatorial ter adquirido recentemente a distribuidora de energia no estado.

O banco manteve sua recomendação de compra para os papéis EQTL3, dado o valuation atrativo, com preço-alvo estimado de R$ 28.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

The post Primeiro passo da Equatorial no setor de saneamento é positivo, mas analistas alertam para preço “muito alto” por concessão appeared first on InfoMoney.