Operação Inverno: 538 pessoas são acolhidas na rede montada em Porto Alegre

bailey aschimdt
bailey aschimdt

A Operação Inverno acolheu para pernoite 538 pessoas em situação de rua na noite de quarta-feira (28) e madrugada desta quinta-feira (29) nos equipamentos disponíveis da rede municipal. Com o aumento das vagas há necessidade de kits de higiene pessoal (escova, pasta de dente e sabonete). As doações podem ser entregues diretamente no Portão 1 do Gigantinho.

No ginásio do Sport Club Internacional, 128 pessoas ingressaram e receberam alimento, cama quente, banho e cuidado. Alguns levaram seus animais. Três cães ingressaram com seus tutores, receberam vermífugo, anti-pulgas e roupinhas do Gabinete da Causa Animal da prefeitura.

Nos abrigos e albergues foram 188 acolhidos e as 200 vagas das pousadas usadas. O reforço das paróquias da Arquidiocese de Porto Alegre ajudou para o pernoite de 22 pessoas.

“Além do atendimento reforçado na rede da prefeitura de albergues, abrigos e pousadas, agradeço imensamente também às paróquias da cidade que abriram as portas para oferecer teto a quem precisa. Estamos falando de dignidade e humanidade. Gratidão ao que todos estão fazendo por Porto Alegre ”, disse o prefeito Sebastião Melo.

O café da manhã oferecido pela Loja Maçonaria Elix Athena teve um reforço que movimentou os usuários. O ex-jogador Dunga e sua equipe do projeto Seleção do Bem foram pessoalmente levar os alimentos a ajudar a servir. “Quando soubemos da ação nos oferecemos como parceiros ao prefeito. Ele aceitou nossa oferta e aqui estamos. Não apenas trazendo o café, mas conversando e dando um pouco de afeto a estas pessoas”, ressaltou o ex-jogador e ex-técnico da Seleção Brasileira.

Saúde e trabalho

Outras equipes da prefeitura também estão no Gigantinho. A Unidade Móvel da Secretaria Municipal de Saúde atende aos usuários e o Sine Municipal faz cadastros para encaminhamento a entrevistas de emprego. Já a barbearia La Mafia está no local com dois profissionais cortando cabelos gratuitamente.

Como ajudar

Doações de agasalhos e cobertores podem ser feitas através do Movimento Poa que Doa, programa social coordenado pelo Gabinete da Primeira-dama do Município de Porto Alegre, que reúne as campanhas do agasalho e do alimento 2021.

O objetivo é atender pessoas em situação de vulnerabilidade social. Os donativos podem ser entregues em 17 pontos de coleta espalhados pela cidade e em drive-thrus de vacinação, divulgados no site da prefeitura.

Compartilhe esse Artigo