Ocupação em leitos de UTI atinge menor índice em mais de um ano na Capital gaúcha

bailey aschimdt
bailey aschimdt

A ocupação nos leitos de UTIs de Porto Alegre é a menor desde 7 de julho do ano passado, quando 181 pacientes estavam internados com Covid-19.

De acordo com o Dashboard das UTIs, na tarde desta terça-feira (27), 185 pessoas diagnosticadas com a doença ocupavam as unidades de terapia intensiva na rede hospitalar da Capital. A ocupação geral, neste momento, considerando os 18 hospitais da cidade, é de 78,23%. Ao todo, são 690 pacientes internados, sendo 505 em decorrência de outras doenças.

Para o secretário municipal de Saúde, Mauro Sparta, a melhora nos índices se deve ao avanço da vacinação. Nesta terça-feira, Porto Alegre atingiu a marca de um em cada três habitantes com a imunização completa. “A vacina é a esperança de dias melhores. Ela evita a forma grave da doença. Isso se reflete na ocupação dos leitos, que vem diminuindo ao longo dos últimos meses”, afirma Sparta.

A queda nos números é um alento, mas a situação ainda exige cuidados. “Mesmo os vacinados devem manter as medidas de prevenção, como o uso de máscaras e a higienização de mãos”, destaca.

Compartilhe esse Artigo