Mais um imóvel é desocupado e demolido para a duplicação da avenida Tronco, em Porto Alegre

bailey aschimdt
bailey aschimdt

A PGM (Procuradoria-Geral do Município) retomou mais um imóvel localizado sobre o traçado da duplicação da avenida Tronco, na Zona Sul de Porto Alegre.

Após acordo entre as partes intermediado pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, os moradores deixaram o local no sábado (31), e a edificação foi demolida na manhã desta segunda-feira (02).

A ação de reintegração de posse foi ajuizada pela PGM em 2019. Os moradores receberão bônus-moradia para a compra de nova residência e aluguel social até a concretização do negócio.

Com a liberação da área, restam apenas dois imóveis a serem reintegrados e a conclusão de dois processos de desapropriação. De acordo com dados divulgados em junho pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, os trabalhos atingiram 52% de execução nos lotes 1 e 2 e 70% nos lotes 3 e 4.

A avenida Tronco tem 6,5 quilômetros de extensão. O investimento na duplicação chega a R$ 129 milhões. Essa é uma das chamadas “obras da Copa”, que deveriam ter sido concluídas para a realização do Mundial no Brasil, em 2014.

Compartilhe esse Artigo