Idade mínima de vacinação contra o coronavírus em Porto Alegre deve cair para 30 anos nesta sexta-feira

bailey aschimdt
bailey aschimdt

Com a previsão de recebimento de um novo lote com 16.730 doses nas próximas horas, já nesta sexta-feira (30) a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre deve reduzir para 30 anos a idade mínima de vacinação contra o coronavírus. A capital gaúcha está há quase uma semana imunizando o público em geral na faixa de 31 anos ou mais.

Se tudo sair conforme o planejado, a cota destinada à maior e mais populosa cidade do Rio Grande do Sul já será divida e enviada aos locais de vacinação ao longo da tarde. Os endereços e outros detalhes devem ser divulgados no site oficial prefeitura.poa.br, que mantém dados em constante atualização.

Avanços futuros

Já a inclusão de segmentos mais jovens da população em geral dependerá da chegada de novas remessas do Ministério da Saúde, por meio do governo do Estado. Atualmente, a SMS já aplica a primeira dose em adolescentes (12 a 17 anos), mas o procedimento ainda é restrito ao segmento com comorbidades.

“Para avançar até a idade de 29 anos, por exemplo, seriam necessárias mais 14.125 doses”, estima a Secretaria.

No portal de notícias da administração municipal, a informação sobre a iminência da vacina para o público de 30 anos é acompanhada de um destaque ao fato de que Porto Alegre é a primeira capital brasileira a atingir a proporção de um em para cada três habitantes com imunização completa (duas doses de Coronavac, Oxford e Pfizer ou fármaco da Janssen, de aplicação única).

(Marcello Campos)

Compartilhe esse Artigo