Arquidiocese de Porto Alegre celebra centenário da Catedral Metropolitana com missa e livro

bailey aschimdt
bailey aschimdt

A Arquidiocese de Porto Alegre celebra neste sábado (7) os 100 anos da Pedra Fundamental da Catedral Metropolitana Madre de Deus, localizada no Centro Histórico da Capital. A data ficará marcada pelo lançamento oficial do livro “Das Pedreiras às Torres e Carrancas: Uma Nova Catedral para Porto Alegre” e por uma missa especial presidida pelo arcebispo Dom Jaime Spengler e concelebrada pelo pároco, padre Rogério Luís Flôres, no domingo (8). O livro, no formato digital, estará disponível no site da catedral.

Livro

Com registros fotográficos e documentais inéditos sobre o processo de construção do novo templo, a obra reproduzirá documentos, fotografias e anotações sobre os trabalhadores, materiais de construção e correspondências. “O objetivo é apresentar os registros históricos que foram tão bem preservados, e resgatar a memória deste momento vivenciado e ainda lembrado por muitos”, explica Caroline Zuchetti, museóloga da Arquidiocese de Porto Alegre.

“Foram necessárias quase sete décadas de trabalho intenso para que o sonho ganhasse contornos definitivos. A Catedral Madre de Deus é hoje exemplo simbólico da totalidade da humanidade que anseia por uma nova e bela ordem”, afirma Dom Jaime Spengler.

Marco da cidade

Com construção que levou 65 anos, a Catedral de Porto Alegre tornou-se um dos grandes marcos na história da cidade. A edificação em estilo neo-renascentista foi assinada pelo arquiteto italiano Giovanni Battista Giovenale, e tem como seu mais importante símbolo a cúpula, que destaca-se entre os arranha-céus com seus 73 metros de altura e 17 metros de diâmetro.

Compartilhe esse Artigo