Os bandidos que impuseram o terror à população de Araçatuba na madrugada da segunda-feira, 1º, deixaram nada menos que 200 quilos de explosivos espalhados pela cidade após a fuga, segundo a Polícia Federal.

O Gate, grupo especializado da PM, desarmou 98 artefatos na manhã pós-terror e encontrou um caminhão com explosivos. Havia bombas nas ruas, dentro de bancos e em veículos espalhados pela cidade.

A PF está periciando treze veículos utilizados na ação armada, que resultou em três bancos assaltados, carros incendiados, reféns traumatizados, três mortos (dois moradores e um suspeito) e ao menos seis feridos – um deles teve os pés amputados.

De acordo com a PF, vários desses veículos “eram blindados e preparados para receber armamento de grosso calibre”.

Seis suspeitos foram presos – três deles que atuavam como olheiros nas vias que dão acesso à cidade – e um morreu no hospital. Três desses suspeitos foram alvos de mandados de prisão nesta sexta-feira, 3.

A PF informou que “continua seguindo todas as linhas de investigação que estão surgindo”.