O Brasil atingiu nesta segunda-feira, 16, o marco de 55% da população vacinada com ao menos uma dose contra a Covid-19. Trata-se de um montante de cerca de 115,6 milhões de pessoas que estão parcialmente imunizadas. Mas dois estados superam essa taxa e já imunizaram mais de 60% das pessoas, de acordo com um levantamento realizado por VEJA baseado em dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde, pelas Secretarias Estaduais de Saúde e pela plataforma Coronavírus Brasil. São eles São Paulo, que tem o maior índice com 68,2% dos habitantes com ao menos uma dose e Rio Grande do Sul, onde 60,1% da população parcialmente imunizada.

Entre as demais unidades da federação, treze vacinaram ao menos 50% da população com uma dose e outras treze estão abaixo da média do país. Os estados com pior desempenho nesse índice são Pará (37,9%) e Roraima (41,5%).

Se considerarmos o esquema vacinal completo, o Brasil já imunizou 21,7%  população com duas doses das vacinas de Oxford-AStraZeneca, Pfizer-BionTech ou CoronaVac e 2,16% com a injeção da Janssen. No total, isso equivale a 50,1 milhões de pessoas. Neste índice, quatro estados superam a média brasileira: São Paulo (26,2% de pessoas já receberam as duas doses), Rio Grande do Sul (27,6%), Mato Grosso do Sul (29,7%) e Espírito Santo (23,5%).

O objetivo do Ministério da Saúde é completar a administração de ao menos uma dose em toda a população adulta até setembro. Para isso, recentemente a pasta anunciou uma alteração na distribuição de vacinas, de modo a enviar um quantitativo maior de doses aos estados que estão atrasados nessa meta. Até então, a distribuição de vacinas ocorria de forma equitativa e proporcional entre todas as unidades da federação.

Confira o avanço da vacinação no Brasil: