Presidente da CPI da Pandemia, o senador Omar Aziz acaba de despachar uma ordem de condução coercitiva para que a Polícia Legislativa do Senado vá atrás do ex-secretário de Saúde do Distrito Federal Francisco Araujo.

O Radar mostrou há pouco que os agentes que tentaram notificá-lo para depor na comissão na próxima semana registraram a possível fuga do investigado, que teria despistado a CPI enquanto aguarda uma possível decisão judicial para não depor.

Pela orientação de Aziz, a CPI deve aguardar que o ex-secretário falte “sem motivo justificado” ao depoimento no Senado na próxima semana. Se ele não der sinal, a partir de 24 de agosto, será conduzido pela polícia.