Na reunião com os líderes da Câmara na segunda-feira, Arthur Lira fez um comentário que dá o termômetro da Casa nos últimos dias:

“A coisa menos polêmica que a gente vai votar essa semana vai ser a cassação da Flordelis”.

Lira, por sinal, acabou de dar início à votação do parecer do Conselho de Ética pela cassação da deputada acusada de mandar matar o marido.

Vale lembrar que, nesta terça, a Câmara rejeitou a PEC do voto impresso. Antes, uma comissão especial havia aprovado a proposta de reforma política, que deve ser votada no plenário nesta quinta. E nesta quarta, os deputados ainda devem votar o projeto das mudanças no Imposto de Renda.