A pele facial seca apresenta alterações relacionadas aos sintomas do ressecamento, passando uma sensação de estiramento, aspereza e rigidez. Segundo Deise Zuqui, se não tratada, os sintomas podem avançar, acarretando em coceira, pele rachada e escamosa, levando até mesmo ao envelhecimento precoce. 

Deise Zuqui conta que existem várias causas que levam a esse problema e, entendê-las é a melhor forma para descobrir as soluções. Tendo isso em vista, os problemas são divididos entre os fatores internos e externos, veja:

FATORES EXTERNOS:  

Deize Zuqui conta que os fatores ambientais e rotinas inadequadas afetam diretamente a saúde do rosto e esses problemas externos fazem com que a barreira lipídica natural da superfície da pele se deteriore. Deise Zuqui explica que, quando essa barreira quebra, a umidade evapora e as substâncias vitais são eliminadas. 

É necessário, em casos como esse, tratar a pele com hidratantes, evitando que o quadro progride, levando ao ressecamento de camadas mais profundas da pele. 

FATORES INTERNOS

Deise Zuqui explica que influências hormonais, genéticas, idade e dieta afetam diretamente a pele. Por exemplo, no caso de mudanças hormonais, o equilíbrio é afetado (como por exemplo na menopausa e gravidez), quando o estrogênio no corpo diminui.

A idade avançada deixa a pele mais suscetível a mudanças, formando assim, rugas e etc. Deise Zuqui ressalta que, no caso de envelhecimento precoce, o ressecamento se dá pela exposição extensiva aos raios UV. 

Falta de nutrientes e consumo de alguns alimentos também podem afetar a qualidade da pele, assim como a falta de hidratação. 

SOLUÇÕES

Deise Zuqui diz que adotar uma boa rotina de cuidados com a pele, fazendo uso de produtos para hidratação a longo prazo é uma das melhores formas de amenizar e melhorar a pele, assim como evitar ar seco, reduzir o uso de água quente e etc. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui