A Polícia Civil anunciou na manhã de domingo (11) o resultado de uma operação da Draco (Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas) da 1ª DPRM (1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana) da Polícia Civil em Porto Alegre.

A equipe do delegado Eduardo Limberger do Amaral interceptou uma mulher que embarcaria com diversos cartões de crédito clonados de alto padrão em um voo no Aeroporto Internacional Salgado Filho. Ela viajaria para o Ceará.

Os agentes da Draco da 1ª DPRM monitoraram a mulher por cerca de uma semana. Os policiais civis apuraram que a suspeita tinha a função de repassar os cartões bancários para membros de uma organização criminosa no estado do Nordeste. Os cartões provavelmente são oriundos de dados subtraídos de vítimas e emitidos ilegalmente para compras fraudulentas.

Com a suspeita, a polícia apreendeu ainda dezenas de chips de telefone celular, um passaporte, um celular e uma máquina de pagamento eletrônico. A mulher não revelou detalhes do esquema de falsificação dos cartões.

A investigação da Draco prosseguirá e será aprofundada com o intuito de identificar os demais integrantes do esquema criminoso, como obtiveram os dados para a clonagem dos cartões e descobrir outras vítimas, além de qual o prejuízo causado.