Milhares de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se reuniram na tarde desta terça-feira (07), Dia da Independência do Brasil, no Parque Moinhos de Vento, o Parcão, em Porto Alegre. A concentração começou ainda pela manhã, sob forte chuva.

Vestidos de verde e amarelo e carregando faixas, cartazes e bandeiras do Brasil, os manifestantes gritaram palavras de apoio a Bolsonaro e fizeram críticas ao STF (Supremo Tribunal Federal). Eles também pediram o voto impresso a partir das eleições de 2022.

A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) bloqueou o trânsito na avenida Goethe. Congestionamentos foram registrados na região, que teve fluxo intenso de veículos e buzinaços.

Carreata

Na manhã desta terça, apoiadores de Bolsonaro realizaram uma carreata na Zona Norte de Porto Alegre. O trânsito chegou a ser bloqueado na avenida Assis Brasil, em frente à Fiergs (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul).

Carreatas também ocorreram em outros pontos da Capital. Muitos dos veículos participantes acabaram se dirigindo ao Parcão para se unir aos demais apoiadores do governo concentrados no local.

Protesto contrário

Manifestantes contrários a Bolsonaro também se manifestaram em Porto Alegre. Um protesto contra o governo foi realizado no viaduto Imperatriz Leopoldina, na avenida João Pessoa, em Porto Alegre, no fim da manhã desta terça-feira.

Inicialmente, o ato ocorreria no Parque da Redenção, mas foi transferido de local por causa da chuva. O grupo saiu em caminhada até o Largo Zumbi dos Palmares, no bairro Cidade Baixa, onde a manifestação foi encerrada. O protesto foi organizado por centrais sindicais.

(Foto: EPTC/Divulgação)

Interior do Estado

Atos a favor e contra o governo Bolsonaro também foram realizados em diversos municípios do interior do Rio Grande do Sul para marcar o 7 de Setembro. O trânsito em algumas rodovias chegou a ser bloqueado por apoiadores do presidente na manhã e no início da tarde desta terça.