Um homem de 26 anos foi preso em flagrante suspeito de matar a própria mãe esganada, na noite de quarta-feira (11), em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A vítima tinha 56 anos. O homem deve responder por feminicídio.

O homicídio aconteceu no bairro Mato Grande. Segundo a polícia, o homem confessou o crime. Em depoimento, disse que a mãe teria colocado as coisas dele para fora de casa e o mandado embora. Ele então teria arrombado a porta e pegado no pescoço dela. Depois disso, ele disse que ligou para o Samu para pedir ajuda com técnicas de reanimação, que não tiveram efeito.

De acordo com a Polícia Civil, o jovem não tinha antecedentes criminais e a mãe não tinha medida protetiva contra ele. Uma testemunha que convivia com os dois disse à polícia que eles brigavam muito mas que aparentemente a mulher não sofria agressões físicas. A causa da morte será apontada pela perícia.