A formação de um ciclone extratropical na Argentina e o avanço de uma frente fria devem trazer chuva muito intensa para parte do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (8), inclusive com fortes precipitações em parte do Sul gaúcho.

Conforme a MetSul Meteorologia, os volumes podem gerar acumulados de precipitação altos em curto período de tempo, que podem trazer inundações, alagamentos e subida de rios e córregos.

A frente fria associada ao ciclone deve trazer chuva forte e temporais de vento e granizo em pontos do Oeste e do Sul do Estado na primeira metade do dia. As precipitações podem vir acompanhada de rajadas de vento de 60 km/h a 80 km/h nas regiões mas, isoladamente, podem ocorrer rajadas superiores.

Nas demais regiões gaúchas, onde o sol pode até aparecer com nuvens em alguns pontos antes da chegada da frente – com vento Norte forte e ar quente –, os volumes de chuva serão menores, mas isoladamente podem ocorrer pancadas fortes e ainda tempestades localizadas.

Feriado com ventos de até 107 km/h

O feriado da Independência foi marcado por muita instabilidade no Rio Grande do Sul, com a atuação de frente quente que estava sendo intensificada por uma massa de ar muito quente que elevou a temperatura a 41ºC em Assunção, no Paraguai, e a 36ºC no Oeste do Paraná.

Choveu muito na maioria das regiões e, de acordo com dados da rede de pluviômetros do Centro Nacional de Previsão de Desastres, os acumulados até o final da tarde desta terça (7) no Rio Grande do Sul chegavam a 129 mm em Alegrete, 90 mm em Cruzeiro do Sul, 89 mm em Estrela, 83 mm em Ivorá e Alto Feliz, 81 mm em Teutônia, 79 mm em Faxinal do Soturno e Venâncio Aires, 78 mm em Uruguaiana e Nova Palma, 74 mm em Nova Petrópolis e 70 mm em Candelária. Porto Alegre somava, até o fim da tarde, 40 mm e havia pontos da Região Metropolitana com 50 mm.

Houve ainda temporais com raios e granizo em muitas cidades. O granizo fez estragos, por exemplo, em Ijuí e Livramento. O feriado teve ainda rajadas de vento de fortes a intensas que chegaram a 107 km/h em Tupanciretã, 78 km/h em Quaraí, 76 km/h em Poço das Antas, 72 km/h em Livramento, e 71 km/h em Carazinho e Nova Esperança do Sul.