O fisco do governo de João Doria trava uma luta inglória com Teodoro Obiang Mangue, filho do ditador de Guiné Equatorial, para receber cerca de 500 000 reais em impostos atrasados.

Obiang não pagou IPVA dos oito carrões — de Maserati a Lamborghini — da sua coleção. Em 2018, a Justiça descobriu que os carros foram escondidos na embaixada de Guiné Equatorial, em Brasília, para não serem apreendidos.