Manifestação de apoio a Bolsonaro - coronavírus (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

(ANSA) – A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil emitiu um alerta nesta sexta-feira (3) para que os cidadãos evitem as áreas onde haverá manifestações pelo dia 7 de setembro. A data da independência brasileira promete ter grandes aglomerações de bolsonaristas e grupos de oposição nas capitais.

“A Embaixada dos EUA no Brasil adverte os cidadãos americanos [sic] para evitar áreas em torno de protestos e manifestações, já que mesmo as manifestações que pretendem ser pacíficas podem se tornar locais de conflitos”, diz um trecho da nota.

Além disso, a representação pede que os norte-americanos chequem as notícias e as orientações das autoridades de trânsito. “Tenha cuidado se inesperadamente estiver nas proximidades de grandes reuniões ou protestos”, ressalta ainda a publicação, pedido para que os cidadãos “se mantenham discretos”.

Diversos governos estaduais estão redobrando os alertas sobre os atos do dia 7 de setembro por conta da polarização política e porque o presidente da República, Jair Bolsonaro, faz ameaças golpistas. Nesta sexta, por exemplo, ele afirmou que os atos eram um “ultimato” aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Receba o Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Embaixada dos EUA alerta cidadãos para manifestações do 7 de setembro appeared first on InfoMoney.