Neste sábado (17), das 10h às 16h, na rua Álvaro Difini, 400, bairro Restinga, a unidade do Sine Municipal, em parceria com a FGTAS (Fundação Gaúcha do Trabalho e  Assistência Social) e ACIR (Associação do Comércio e Indústria da Restinga), promove um Feirão de Empregos para a comunidade do bairro e região. Os interessados devem levar um documento com foto e comprovante de residência.

A equipe técnica vai analisar o perfil dos candidatos e encaminhar para as entrevistas de emprego nas empresas participantes da ação.

“Com o deslocamento do atendimento em bairros mais distantes, nosso objetivo é chegar mais perto das comunidades que, por várias razões, têm dificuldade de deslocamento até o Centro”, afirma o diretor do Sine Municipal, Adriano Weinmann.

São parceiros do evento a escola de samba Estado Maior da Restinga, o Jornal Vitrine e o projeto [email protected]

Agasalhos

O grupo de estacionamentos Índigo, por meio de seu braço social Manobra Solidária, doará 300 peças de agasalhos para serem distribuídas na comunidade da Restinga. A escola de samba União da Tinga oferecerá o almoço para as equipes de trabalho e o grupo Mar e Mar Hotéis oferecerá café aos trabalhadores enquanto aguardam atendimento.

Mercado

Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia, Porto Alegre voltou a criar vagas de empregos com carteira assinada. O último levantamento, realizado em maio, aponta um saldo positivo de 1.983 postos de trabalho. O impulso foi dado pelas contratações no setor de serviços e comércio.

Para o Estado, os dados são de julho mostram o primeiro saldo mensal positivo desde o inicio da pandemia de Covid-19. O saldo ficou positivo em 1.251 vagas no mercado de trabalho gaúcho. Reflexo desse índice foi a queda dos pedidos de Seguro Desemprego em 29,83%, na comparação com os primeiros três meses de 2020.