A Prefeitura do Rio de Janeiro suspendeu o início da vacinação de adolescentes de 15 a 17 anos que começaria nesta segunda-feira, 23. A aplicação foi adiada por conta da falta de doses que a cidade enfrenta e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a definição de uma nova data depende da chegada de nova remessa de imunizantes.

Em comunicado publicado nas redes sociais, a pasta diz que só se vacinarão a partir de amanhã adolescentes com deficiência (a partir de 12 anos), gestantes, puérperas e lactantes. Além desses grupos, também haverá repescagem para pessoas com 25 anos ou mais que ainda não se vacinaram. Na publicação, a secretaria ainda pede para que as pessoas procurem os postos de vacinação preferencialmente no período da tarde.

Nesta sexta-feira, 20, a cidade do Rio finalizou a aplicação da primeira em toda a população adulta acima de 18 anos. Antes de cumprir o calendário, no entanto, já havia o temor de que pudessem faltar doses – ao longo do dia, dezenas de postos de várias regiões da cidade passaram a informar a população que não tinham mais imunizantes disponíveis para a primeira dose. No início da tarde, a SMS informou que “jovens de 19 anos que eventualmente não consigam se vacinar” poderiam fazê-lo posteriormente.