O presidente Jair Bolsonaro cansou de esperar a tramitação no Congresso de projeto que prevê a venda direta de etanol pelas usinas aos postos, eliminando a intermediação das distribuidoras de combustíveis.

O Palácio do Planalto apresentou nesta quarta uma medida provisória sobre o tema, que foi inspirada no projeto do ex-deputado federal e atual prefeito de Maceió, JHC.

Bolsonaro tem reclamado do preço dos combustíveis e acredita que a MP pode ajudar a reduzir os valores gastos pelos brasileiros na hora de abastecer, ao menos para aqueles que usam o etanol.

Os combustíveis pressionam a inflação e as eleições estão logo ali.