Nome “Taliba” era uma homenagem ao avô de um dos sócios do local, porém placa chegou com acento na palavra, transformando em Talibã. Erro com acento em placa gerou confusão para bazar de Porto Alegre
Divulgação / Bazar Menino Deus
Após um erro de grafia na placa de um bazar de Porto Alegre, a loja decidiu mudar o nome para evitar comparações com o Talibã, grupo extremista que tomou o poder no Afeganistão.
O sócio do local Francisco Vieira da Cunha contou ao G1 que o nome escolhido para o empreendimento era Taliba, sem acento, como uma forma de homenagem ao avô do sócio.
“Era uma homenagem ao avô do meu sócio, que era conhecido como Seu Taliba. Era só uma homenagem, um apelido dele”, conta.
LEIA TAMBÉM:
O que é o Talibã
Talibã chega a Cabul
Presidente do Afeganistão deixa o país
Veja FOTOS e VÍDEOS da situação no Afeganistão
Porém, quando a placa com o letreiro chegou, eles perceberam o erro. “A gente viu que estava errado, mas como ficou tudo na brincadeira, todo mundo ria, brincava, deixamos. Quando deu a história [da tomada de poder do Talibã no Afeganistão] decidimos mudar”, conta.
Segundo ele, algumas pessoas chegaram a ameaçar depredar a loja.
“Tem pessoas que já confundem. Entrou um senhor dizendo que ia atirar pedra na vitrine, na placa. Então pra evitar maiores confusões, a gente resolveu trocar”, conta.
Francisco conta que a ideia inicial era chamar o local de Bazar Menino Deus, nome do bairro em que está localizado. “Mas como meu sócio queria homenagear o avô colocamos Taliba. Agora agilizamos a troca da placa e vai ficar Menino Deus”.
Bazar Menino Deus com nova placa
Divulgação / Bazar Menino Deus
VÍDEOS: Caos no Afeganistão