O publicitário Duda Mendonça morreu na manhã desta segunda em São Paulo. Aos 77 anos, ele lutava contra câncer no cérebro e estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde junho.

Ex-marqueteiro de Lula e do PT, Mendonça tornou-se um personagem da crônica política ao comandar a eleição vitoriosa do petista em 2002. Mais tarde, em 2005, foi decisivo ao prestar um depoimento à CPI dos Correios que desnudaria irregularidades nas campanhas petistas e a forma nada ética com que o partido realizava negócios com a coisa pública.