A Fasc (Fundação de Assistência Social e Cidadania) implantou e ampliou as vagas de Residencial Inclusivo, serviço que acolhe jovens e adultos com deficiência. Localizado na rua Taveira Júnior, bairro Teresópolis, Zona Sul, o residencial tem capacidade para atender dez jovens – a partir de 18 anos de idade – e adultos com deficiência, em situação de dependência, que não possuem condições de autossustentabilidade ou de retaguarda familiar.

O serviço de acolhimento funcionará 24h e contará com educadores sociais, assistentes sociais, psicólogos, terapeuta ocupacional e coordenação técnica. A administração do local será feita por meio de parceria da Fasc com o Instituto Pobres Servos da Divina Providência – Abrigo João Paulo II.

Critérios para ingresso

As pessoas devem ter mais de 18 anos com deficiência, prioritariamente beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada), não contar com retaguarda familiar momentânea ou permanente, e ser residente ou domiciliado na Capital.

Forma de acesso

A avaliação para o acesso se dá via Núcleo de Acolhimento da Proteção Social Especial da Fasc.