A equipe de batedores da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) foi acionada pela Central de Transplantes da Secretaria Estadual da Saúde, na manhã desta quarta-feira (08), para realizar escolta no traslado de um pulmão para doação, oriundo do Paraná.

O órgão foi levado da Base Aérea de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, até a Santa Casa de Misericórdia da Capital, onde chegou às 10h. O trajeto durou cerca de 30 minutos.

A escolta de órgãos para transplante é uma das demandas da EPTC para garantir a agilidade e segurança na operação. “Esse acompanhamento garante o deslocamento da forma mais ágil e segura possível. Assim, contribuímos com a preservação de vidas e também para minimizar o risco de sinistros de trânsito”, disse o diretor-presidente da empresa, Paulo Ramires.