Foram abertos oficialmente os portões da 44° Expointer, na manhã deste sábado (04), no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A cerimônia de abertura aconteceu no Pavilhão Internacional, devido as condições do tempo. O evento tem programação até dia 12 de setembro com diversas atrações como leilões, julgamentos, provas, palestras, entre outras atividades relacionadas ao aprimoramento da agropecuária e da agroindústria.

Na cerimônia de abertura, a Secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, deu boas-vindas aos visitantes e expositores e comentou sobre ser a primeira mulher a comandar a Secretaria. “Estamos aqui homens e mulheres unidos, construindo com união, carinho e respeito essa obra prima que é a 44ª Expointer. A gente sempre faz e constrói juntos, muito obrigada aos meus parceiros”, ressaltou Silvana.


Na sequência, o vice-governador do estado, Ranolfo Vieira Júnior, saudou os presentes nas cerimônia de abertura da feira e salientou sobre a importância da retomada da exposição. “Esse é um momento especial para todos nós, a Expointer sempre foi um momento em que o Rio Grande do Sul mostra a sua vocação para o resto do Brasil e mundo”, destacou Ranolfo.

Ainda, o vice-governador do estado lembrou que a 43ª edição da Expointer aconteceu de forma digital, mas que agora, o estado do Rio Grande do Sul está com os índices baixos de contágio e de mortes causadas pelo vírus da Covid-19. Além disso, o estado gaúcho tem se destacado no cenário nacional como o estado que mais vacina no Brasil. “Nós temos mais de 88% da população vacinada com a primeira dose, e mais de 47% dessa população vacinada com o esquema vacinal completo. Então chegou o momento de mais um vez nós fazermos uma Expointer presencial, claro que, cumprindo todos os protocolos sanitários”, afirmou.

Também participaram do ato de abertura: o presidente da Febrac, Leonardo Lamachia, o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, o presidente da Farsul, Gedeão Pereira, o deputado Luís Augusto Lara, representando a Assembleia Legislativa do RS, entre outras autoridades.

Protocolos de segurança

Todas as pessoas passarão por triagem cada vez que acessarem o Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Haverá verificação de temperatura e orientação quanto ao uso da máscara e demais regras sanitárias. Só será autorizada a entrada de quem estiver com boas condições de saúde.

Para controlar a circulação de pessoas em áreas do parque que costumam ser bastante demandadas pelos visitantes, haverá monitoramento em tempo real de quatro espaços: Pavilhão da Agricultura Familiar, Pavilhão do Comércio, Pavilhão Internacional e Boulevard e imediações. Caso o limite de pessoas seja alcançado nessas áreas, as catracas serão bloqueadas até que se reduza a circulação. O controle será feito por tecnologia, com software e telas de monitoramento fornecidos por uma empresa contratada.

Ingressos

Para participar da 44ª edição da Expointer, os interessados deverão adquirir o seu ingresso de forma on-line, no site do evento. Neste ano, não haverá bilheteria no local para evitar formação de filas, tendo em vista o cumprimento de protocolos sanitários. O limite diário é de 15 mil ingressos.

Os bilhetes custam R$ 6 (meia entrada para idosos e estudantes) e R$ 13 (inteiro). O estacionamento para visitantes custa R$ 32 e o camping para expositores de animais R$ 280. Nesta edição da Expointer, o pagamento do estacionamento não dá direito ao ingresso do motorista. A vaga de estacionamento precisa ser gerada na plataforma on-line ou no posto de atendimento do local.