Globe On Moss In Forest - Environment Concept - redução de carbono

Nos últimos onze anos, a Braskem deixou de emitir 25 milhões de toneladas de CO2, o que significa a diminuição de 20% na intensidade das emissões de gases de efeito estufa de suas operações. Em uma comparação simples, é o equivalente a plantar mais de 170 milhões de árvores. Agora a maior produtora de resinas termoplásticas nas Américas se compromete a neutralizar as emissões de CO2 até 2050.

Trata-se de uma das ações ligadas ao compromisso da companhia com a Economia Circular, assumido publicamente em 2018. Neste modelo de negócio, os materiais são reintegrados na cadeia, fechando o ciclo de produção.

Criada em 2002, a petroquímica brasileira está entre as seis maiores do segmento no mundo. Com mais de 40 unidades industriais em quatro países, sua capacidade de produção alcança 9 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e 10 milhões de toneladas de químicos básicos por ano.

Inovação em sustentabilidade

Uma das principais forças da operação é a inovação, inscrita em seu DNA. Desde que assumiu o compromisso com a Economia Circular, a empresa destacou mais de 40 profissionais com dedicação exclusiva à área de pesquisa sobre o tema. Esse empenho elevou a Braskem ao posto de maior fabricante mundial de biopolímeros. Sob a marca I´m greenTM, o produto é feito a partir de etanol da cana-de-açúcar, com capacidade anual de 200 mil toneladas do produto.

A utilização de materiais recicláveis é igualmente contemplada entre as soluções sustentáveis de crescimento. A meta é ampliar o portfólio I’m greenTM para incluir, até 2025, 300 mil toneladas de resinas termoplásticas e produtos químicos fabricados com conteúdo reciclado. Até 2030, o plano é produzir 1 milhão de toneladas desses produtos.

Cadeia de valor

A determinação com que desenvolve os negócios com respeito ao meio ambiente coloca a Braskem entre uma das principais empresas petroquímicas do mundo dedicada ao desenvolvimento sustentável. Essa posição impulsiona todo o setor para o mesmo objetivo. Alinhada com as práticas de ESG – sigla em inglês para nomear companhias que adotam critérios ambientais, sociais e de governança – a empresa não só desenvolve, como abre espaço e incentiva os parceiros a promover soluções ligadas à sustentabilidade.

Ao envolver a cadeia produtiva nesse compromisso, a companhia potencializa os impactos positivos da Economia Circular no mercado. As ações com os parceiros são trabalhadas em diversas frentes, desde a proposição de desafios aos clientes até parcerias estratégicas e projetos sociais que apoiam o processo de reciclagem.

Entre essas atuações, destaca-se o “Desafio de Design”, projeto que reúne profissionais do segmento para criar soluções reais de embalagens sustentáveis e inovadoras para grandes empresas. Em relação ao descarte, a Braskem tem um acordo com a Tecipar, empresa brasileira especializada em engenharia ambiental, para evitar que 2 mil toneladas de resíduos plásticos – o que equivale a 36 milhões de embalagens plásticas – sejam despejados em aterros sanitários.

O aspecto social do trabalho de reciclagem também é contemplado com o “Ser+”, programa que tem como objetivo incentivar o trabalho de catadores ao promover desenvolvimento socioeconômico para esses profissionais. Mais de 61 mil pessoas, de 149 cooperativas, já são beneficiadas.

Reconhecimento do mercado

Há mais de uma década assumindo compromissos para combater a mudança climática, a Braskem assinala o objetivo de alcançar a neutralidade de carbono até 2050 como uma importante marca da sua transformação. Todas as frentes trabalhadas com esse fim para os próximos anos estão alinhadas com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e com o Acordo de Paris sobre Mudanças Climáticas.

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) da ONU e da Rede Brasil do Pacto Global reconheceu neste ano o polietileno de origem renovável como um dos cases mais transformadores em desenvolvimento sustentável no Brasil. Hoje, o plástico feito a partir da cana-de-açúcar já está presente em produtos de mais de 200 marcas pelo mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

The post Adepta do ESG, Braskem neutralizará emissões de carbono até 2050 appeared first on InfoMoney.