A educação de crianças e jovens é coisa bastante séria, e oferecer um ensino de qualidade pode ser a chave para facilitar a mudança de vida de muitas pessoas. Como professor de inglês voluntário, Rafael Libman leciona em um projeto social que leva o ensino de línguas a crianças carentes de comunidades de São Paulo.

Vale lembrar que projetos como os que Rafael Libman participa têm como objetivo a expansão de conhecimento a pessoas com poucas condições financeiras, preenchendo assim as lacunas do ensino de pouca qualidade que infelizmente é oferecido nas escolas públicas brasileiras.

  • Como é a rotina de um professor voluntário?

Rafael Libman é fluente em inglês há bastante tempo e como sempre gostou da ideia de ajudar o próximo, resolveu colaborar com o projeto que ensina idiomas à crianças. O dia a dia do professor voluntário é sem dúvidas regado de muita dedicação e interesse para ajudar o próximo.

A maioria das escolas de idiomas são caras e muitos cursos de inglês, por exemplo, têm longa duração, o que inviabiliza os pais de crianças carentes a conseguirem arcar com mensalidades e materiais didáticos durante 3 até mesmo 5 anos.

Para voluntários como Rafael Libman, o ensino requer bastante cuidado e atenção desde a escolha dos materiais para as aulas aos temas tratados em cada uma delas, isso garante a absorção do conteúdo de maneira completa para que a criança lembre de tudo.

  • Como as crianças são ensinadas?

“Nas aulas os temas começam com básico do inglês, verb to be, e vamos avançando na gramática e vocabulário, temos como intuito oferecer um curso amplo que prepare os alunos para os desafios mundo afora. Se um dia uma dessas crianças tiver a oportunidade de fazer um intercâmbio, o inglês não será problema!” – explica o voluntário Rafael Libman.

Com programas sociais assim, as crianças podem ter acesso a uma educação de qualidade, estando preparadas para mudarem suas vidas, pois a educação é um passo primordial para a carreira de qualquer pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui