Foram 50 mil clientes da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) sem luz. Segundo informações da Somar, 37 descargas elétricas atingiram Porto Alegre. Descargas elétricas foram registradas pelo Observatório Espacial Heller & Jung
Observatório Espacial Heller & Jung/Divulgação
Segundo informações da Somar Meteorologia, ao longo do dia foram registradas 38 descargas elétricas em Porto Alegre. O Observatório Espacial Heller & Jung fez o registro de uma dela (
A chuva que atingiu o Rio Grande do Sul na noite de quarta-feira (2) causou estragos em diversas cidades. Segundo a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), 50 mil clientes ficaram sem energia elétrica. Só em Porto Alegre, foram 45 mil.
Segundo informações da Somar Meteorologia, ao longo do dia foram registradas 37 descargas elétricas na Capital. O Observatório Espacial Heller & Jung fez o registro de uma delas (confira acima).
Além dos raios, ventos fortes, alagamentos e queda de árvores foram observados. Segundo a última atualização da companhia de energia, são aproximadamente 2,9 mil pessoas na Capital e 900 em Viamão, especialmente na área rural do município, que fica na Região Metropolitana de Porto Alegre, ainda sem luz.
Temporal causa transtornos e falta de energia em Porto Alegre
Em Coronel Bicaco, no Noroeste do estado, o temporal durou cerca de dez minutos, mas já foram suficientes para destelhar mais de 100 casas, segundo a Defesa Civil. Árvores caíram, e a queda de uma delas atingiu carros que estavam estacionados na rua. A cidade chegou a ficar sem energia, mas a situação foi normalizada.
A chuva também atingiu Santiago, na Região Central. Um pavilhão de máquinas agrícolas caiu no interior do município, em Forqueta, às margens da ERS-377. Segundo dados da Somar, os ventos que atingiram a cidade chegaram a 60km/h.
Temporal causa estragos em cidades do Rio Grande do Sul
Na Fronteira Oeste, em Alegrete, árvores e postes de energia foram derrubados com a intensidade do vento. No bairro Saint Pastous foram quatro postes que caíram, e em toda a cidade foram mais de trinta postes ao chão devido ao vendaval de 50km/h.
Em Uruguaiana uma árvore caiu na garagem de uma residência no bairro Bela Vista. Segundo informações do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), choveu 45 milímetros na cidade.
Equipes da prefeitura de Uruguaiana cortaram os restos das árvores
Prefeitura de Uruguaiana/Divulgação
Previsão do Tempo
O avanço de um sistema de alta pressão faz com que a chuva perca força no estado. Por isso, a sexta-feira (4) deve ser sem chuva, segundo o Inmet. Há destaque para a queda nas temperaturas, em relação aos últimos dias, com os ventos moderados.
Porto Alegre: mínima de 17°C e máxima de 26°C
Pelotas: mínima de 16°C e máxima de 24°C
Caxias do Sul: mínima de 11°C e máxima de 23°C
Santa Maria: mínima de 16°C e máxima de 26°C
Santa Rosa: mínima de 18°C e máxima de 28°C
Erechim: mínima de 14°C e máxima de 28°C
Uruguaiana: mínima de 18°C e máxima de 29°C
Torres: mínima de 18°C e máxima de 24°C
Passo Fundo: mínima de 14°C e máxima de 26°C
Bagé: mínima de 14°C e máxima de 26°C
Xangri-Lá: mínima de 17°C e máxima de 24°C
Veja mais vídeos do Bom Dia Rio Grande