Um dia após a ação cinematográfica de bandidos em Criciúma (SC), foi a vez de Cametá, no Pará, viver momentos de terror por conta da ação de uma quadrilha. Um batalhão da PM foi atacado, moradores foram tomados como reféns e uma agência foi assaltada. O grupo usou explosivos, armas de alto calibre e depois conseguiu fugir.

No final desta manhã, o governador Helder Barbalho (MDB), acompanhado do comando da Segurança Pública, foi até um dos locais atacados pelos criminosos, uma agência do Banco do Brasil.

<span class="hidden">–</span>Divulgação/Divulgação
<span class="hidden">–</span>Divulgação/Divulgação
<span class="hidden">–</span>Divulgação/Divulgação
<span class="hidden">–</span>Divulgação/Divulgação
<span class="hidden">–</span>Divulgação/Divulgação